Estudo Cromático Para o Azul - Primeiro lançamento de um balão meteorológico para a estratosfera

Este projecto tem como ponto de partida o estudo dos possíveis tons da cor do céu quando observado em altitudes compreendidas entre os 0m e os 33.000m em relação ao nível do mar. Imaginemos que nos encontramos numa planície ao nível do mar num dia sem nuvens, olhamos para cima e vemos o céu, com o seu tom azul característico. Agora imaginemos que estamos na mesma planície, mas dentro de um balão de gás hélio com capacidade de ascensão de 38.000m. A medida que o balão ganha altitude a atmosfera torna-se rarefeita, a diminuição na concentração de moléculas da atmosfera tem efeito directo no espectro visível da luz, fazendo com que o azul fique mais escuro a medida que estamos a subir. Quando chegamos finalmente aos 38.000m olhamos novamente para cima, agora o céu azul agora é negro... Entre os 0m e os 38.000m existem infinitos tons de azul possíveis, é este o ponto de partida desta pesquisa, o registo dos tons de azul existentes nestes intervalos de altitudes.